reveillon na tailândia


Chegando à Kuala Lumpur, Malásia, 06 de dezembro de 2012

Não importa se você vai ao litoral leste ou oeste da Península da Tailândia, ambos os lados prometem mar transparente com praias de areia branca cercada por palmeiras. Atravessamos o País pra curtir outras ilhas, mas o mesmo astral. Lugares incríveis pra mergulhar, festas internacionalmente conhecidas e dias de sossego pra aproveitar o final de ano e o comecinho de 2012.

Koh Tao: o paraíso do mergulho

Para ir de Koh Phi Phi pra Koh Tao, pegamos um barco, um tuc-tuc, um ônibus e uma van até chegar à Surat Thani. Faltava ainda o peculiar último trecho: um grande barco de pesca adaptado pra ser um “sleeping boat”. A travessia é feita durante a madrugada e em lugar de assentos existe uma cama gigante na cabine em que as pessoas se espremem e tentam dormir na posição latão de sardinha. Não é muito confortável, mas te deixa lá pela manhã.

É isso mesmo! As pessoas se esparramam pelo chão do sleeping boat.

Depois dessa viagem, nada como poder passar o dia estirado na areia de uma praia deslumbrante. Koh Tao não decepciona e tem esse tipo de cenário à disposição. Em cada canto da Tailândia não faltam lugares de sonhos pra se esticar!

É bom dizer que é uma ilha bem pequena, então as opções de praia são limitadas. A grande atração de Koh Tao é o próprio mar e não as tradicionais faixas de areia que ilustram os cartões postais (embora elas estejam lá). A ilha está entre os mais badalados destinos pra mergulho do mundo. E, melhor ainda, o preço é ótimo comparado com a maioria dos lugares. Nos divertimos visitando os corais e testemunhando a diversidade da vida marinha, mas a visibilidade debaixo d’água não estava nos extraordinários níveis que fazem a fama de lá. A melhor época pra ir é maio pra quem puder escolher.

Papai noel mergulhador? Ele levou pra gente muitos corais e peixes de presente.

O dia 25 de dezembro foi de feriado nos centros de mergulho. Sem nossa “atividade do dia”, a solução seria seguir direto pra praia, não fosse pelo tempo fechado. Aliás, pegamos um bom número de dias de chuva nas últimas semanas. Não dava pra querer ter sorte o tempo todo. Mas, momentos chuvosos também têm sua beleza e uma desculpa pra não fazer nada às vezes cai muito bem.

Mesmo debaixo de chuva o visual é lindo.

Koh Phangan: muito mais que a “Lua Cheia”

Menos de uma hora de barco nos levou de Koh Tao pra Koh Phangan – a próxima ilha em nosso cardápio. Apesar do conjunto de praias maravilhosas, mais uma vez boa parte da reputação do lugar se deve a outro motivo. O que atrai muita gente (mas, muita gente mesmo espalhada pelo mundo inteiro) é a Full Moon Party. Uma festa mensal que celebra a lua cheia e a vontade das pessoas de comemorar qualquer coisa ensandecidamente. Se o seu negócio não é festa, tudo bem, a ilha é grande e existem muitas opções pra quem quer paz e sossego.

Nossa escolha foi ficar distante o bastante dos festejos pra ter dias e noites tranquilos, mas não longe demais para que a gente pudesse ir lá conferir. Porque se só existe uma verdadeira “lua cheia” por mês, é claro que os mais variados motivos são criados pra que se tenha festa até de manhã todos os dias. Na hora de escolher a pousada, tiramos a barriga da miséria e nos instalamos por 10 dias em um bangalô a poucos passos da areia e com uma vista espetacular pro mar.

A vista da nossa varanda. Demais, não?!!

Mais uma da nossa varanda.

Na nossa parte da ilha, várias praias estavam a uma caminhada de distância (às vezes uma caminhada longa, diga-se de passagem). Para as mais distantes, podíamos alugar uma moto ou ir de tuc-tuc, tudo fácil de ser resolvido. Koh Phangan ainda tem cachoeiras, lagoas e outras atrações. Mas, quem vai à Tailândia quer praia, não é verdade!?

A noite de ano novo não era de lua cheia, mas teve Full Moon – Counting Down Party. Afinal, ninguém se importava mesmo com a fase da lua naquele momento. A festa é insana. A areia ocupada por pessoas nos mais diversos estágios alcoólicos. Alguns caíram antes da meia noite e dormiram na areia (fenômeno conhecido como “queimar a largada”). Um ou outro festejava peladão, muita gente brincava com fogo e certamente alguns acabaram fazendo xixi na cama… Sobrevivemos sem um arranhão e iniciamos 2012 com o pé direito!

As festas são regadas a baldinhos. A gente também entrou nessa!

E a moçada dançava em cima das mesas. Essa já foi demais pra gente.

E aí, vai encarar??? Os que encararam não se sairam lá muito bem...

O painel de fogo foi aceso perto de meia noite.

Daqui a pouco, pousaremos na Malásia. Nosso plano de descer de trem ou ônibus foi boicotado por estradas e ferrovias fechadas pelas chuvas. Fomos de barco pra Koh Samui – a maior e mais turística ilha nesses lados e também onde está o aeroporto. A Tailândia e seus cenários estonteantes ficaram pra trás. Que venham as próximas aventuras!

Esse post foi publicado em Tailândia e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

22 respostas para reveillon na tailândia

  1. Cíntia Barbosa disse:

    Olá Fred, estou pesquisando sobre a Tailândia e a maioria dos blogs informam que em dezembro o clima é de Sol, fiquei surpresa com as chuvas, conforme você relatou. Vc não teve sorte ou é comum chuva nesse período?? Obrigada pela atenção.Ass: Cíntia

  2. Fabio disse:

    Olá Fred e Letícia!

    Parabéns pelo blog! E as fotos também estão ótimas! Estou planejando uma viagem para a Tailândia + Indonésia (Bali e arredores). Tenho 20 dias para fazer os dois países. Mas tá difícil de escolher os lugares, hehe. Pelas minhas contas precisava de uns 40 dias, pelo menos :-). Resumindo, gostaria de conhecer a cultura tailandesa, templos, mas mais ainda, praias e as ilhas na Tailândia. Penso em Bangkok, talvez Chang Mai (se sobrar tempo), Ko Phi-Phi e arredores e Ko Samui e arredores. Não sei quantos dias gastar em cada lugar. Vocês visitaram estes lugares todos? Quantos dias vocês reservariam para cada lugar? Se quiserem responder por e-mail, o meu é fabio [dot] l [dot] fonseca [at] gmail [dot] com.

    Abraços!
    Fabio

    • Fábio, cada um é cada um, mas com 20 dias, ficaria em Bangkok (mínimo 3 dias), Chang Mai (min.2d) e Ko Phi-Phi (min.3d) q valem mto à pena. Provavelmente mais do que Ko Samui se vc tiver q escolher um dos dois lados da Tailândia pra visitar. Lembre-se que vc tb vai perder tempo com deslocamentos. Boa sorte! abraços

  3. disse:

    Meninos, vocês se lembram do nome da pousada em que ficaram em Koh Phangan? bjos!!!

    • Niramon. Foi cara, mas no reveillon a gente não tinha mto como fugir disso. Os quartos são excelentes, embora o serviço seja bem mais ou menos. Dê uma checada tb nas praias mais ao norte, é uma parte mto bonita da ilha! E as opções de hospedagem pareciam bem em conta. Não faltam opções de bangalôs perto da praia. Me esqueci o nome do site que olhamos, mas se vc pesquisar no google pelo nome da ilha + hospedagens (em inglês), descobrirá um padrão de site pra quase todas as ilhas da Tailândia que traz vários lugares pra ficar. Vc reserva por esses sites mesmo e são confiáveis! Bjos

  4. tripvideo disse:

    Acho demais o blog de vocês! Fico esperando cada novo post. É meu livro de cabeceira. Bom demais. Quem me indicou foi o Enrico, que já comentou aqui algumas vezes. Ele me contaminou com esse sonho de fazer uma volta ao mundo! Penso em fazer a minha em 2013. Não sei se vai rolar, mas a expectativa é grande. Abraços a vocês e aproveitem o que falta da viagem! Fred.

  5. Olá Fred e Letícia, as fotos e os relatos estão excelentes.
    Conforme já haviamos dito anteriormente, estamos planejando nossa volta ao mundo.
    O percurso será muito parecido com o de vocês. Temos milhares de dúvidas, como vocês podem imaginar.
    Seria possível trocarmos alguns e-mails sobre esse assunto? Há algumas perguntas particulares que seria melhor ser tratada via e-mail.
    Obviamente que gostariamos muito de conhecê-los pessoalmente quando retornarem ao Brasil, mas se possível for, já gostariamos de fazer algumas perguntas.
    Anote nosso e-mail pessoal: pablorj@gmail.com e karinapalla@yahoo.com
    Desejamos que sua viagem continue linda e cheia de agradáveis surpresas.
    Abraços,
    Pablo e Karina

  6. Dani e Douglas disse:

    Feliz Ano Novo para vcs!!!

  7. Rogério disse:

    Feliz ano novo pra vocês. Passamos o ano novo em Copacabana, mas na Bolívia. rs Nossa primeira viagem internacional de mochilão, fomos ao Peru, Bolívia e Chile. Ficamos só vinte dias longe de casa e ficamos morrendo de saudade, pensamos muito em vocês, um ano inteiro longe de casa, não deve ser fácil. rs
    Abraços!
    Peixe

  8. Anônimo disse:

    Fred e esposa

    Oi Fred!!! Quanto tempo!!!
    Fiquei fascinada com as fotos, os lugares. É tudo tão lindo!!!
    Feliz Ano Novo!!!!

    Um abração!!
    Morgana Rossi (Rede Energia)

  9. Diego/SC disse:

    Fico encantado e emocionado com suas histórias… sempre estou acompanhando mas não sou de escrever muito… Parabéns por tudo isso que vcs conquistam a cada dia que passa… sou fã de vcs.. Feliz Ano Novo!!!

  10. Feliz Ano Novo para vocês!!!
    Que venham novas aventuras!!!
    Um beijo grande

  11. Jeff disse:

    Happy New Year Fredonho!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s