todos os caminhos nos levaram à Roma


Cinque Terre, 22 de junho de 2011

Roma é extraordinária. Suas ruas transbordam seus mais de 2.500 anos de História, a cidade fervilha de turistas e ferve como o sangue quente italiano. Tivemos lá dias excepcionais, ainda mais especiais com a ótima companhia da Maria do Carmo, mãe da Letícia. Sua presença nos encheu de animação e de mimos e não houve chuva ou calor que nos tirasse a disposição.

Chegando ao Palatino

Tampouco a gente se deixaria assustar pela apregoada confusão do trânsito romano. Depois de passar pelo Cairo e Marrakesh, as vespas causando um pouco de desordem não impressionam mais tanto. E se as linhas de metrô são escassas e o táxi caríssimo, os ônibus são baratos e funcionam bem. Além disso, sempre temos nossos pés pra caminhar e só no primeiro dia rodamos mais de 15 km.

Os pontos imperdíveis na capital italiana se contam às dezenas. Pouquíssimos lugares no mundo podem se orgulhar de ter tantos atrativos a oferecer e, talvez, nenhum outro possa rivalizar com seu papel na História. O Império Romano, que durante séculos dominou grande parte da Europa e de toda a costa do Mediterrâneo, influenciou decisivamente a formação do mundo ocidental. A cidade florescia e chegou a ter 1,5 milhão de habitantes no começo do primeiro milênio, quando todos os caminhos levavam à Roma e ela era a “capital do mundo”. Quando as guerras internas levaram à derrocada do império, Roma já começava a redefinir seu papel central na Europa. Tornara-se a sede do catolicismo, o principal poder durante a Idade Média.

Nós fomos a Roma e não vimos o papa. Mas, visitamos sua casa – o menor país do mundo em extensão e população. Nossa primeira parada foram os Museus do Vaticano, que têm uma coleção que impressiona pelo tamanho e riqueza. Encaramos uma longa fila pra entrar, pois apesar de enorme, é um destino disputadíssimo. Um papado após o outro ampliou seu acervo, chegando a um resultado grandioso, repleto de preciosidades de Rafael, Caravaggio e Leonardo da Vinci, entre outros. Levamos horas apenas para ver o principal. Galerias com peças tomadas do Egito e da Grécia, muitas pinturas renascentistas e algumas modernas e espaços ricamente decorados desde mosaicos no chão até belíssimos detalhes nos tetos, cada qual com seu estilo próprio. Em cada nova sala, era preciso olhar com atenção em todas as direções. Qualquer caminho que se faça lá dentro o leva inevitavelmente ao seu espaço mais famoso: a inigualável obra-prima de Miguelangelo, a Capela Sistina.

Na galeria das Cartas Geográficas - Museu do Vaticano.

Pintura simbolizando a substituição dos antigos deuses romanos pelo cristianismo.

Detalhe da pintura sobre o juízo final, na estonteante Capela Sistina

 De lá, seguimos para a Praça de São Pedro, um grande e belo espaço público cercado por marquises sustentadas por centenas de colunas dóricas. Outra fila leva pra dentro da Basílica de São Pedro, o mais importante templo do catolicismo e uma clara demonstração da riqueza que essa igreja teve e da força que ainda tem. A opulência de sua decoração barroca farta em cobre, prata e ouro pode até chocar um ou outro fiel, mas a maioria das pessoas que estava lá quando a visitamos parecia mais movida pelo interesse turístico que pela fé e ficava entusiasmada com a beleza dali. Dá pra subir até o alto do domo da basílica e, embora seja uma longa escadaria, a vista que se tem da cidade justifica o esforço. É curioso notar como em Roma as homenagens a santos e a Santíssima Trindade cristã dividem quase que de igual pra igual o espaço com as homenagens aos antigos papas, referenciados em uma infinidade de estátuas e quadros.

Basílica de São Pedro

 

Detalhe dentro da Basílica de São Pedro

De tanto ser tocado pelos fiéis, o peito do pé de Pedro já não é mais preto...

Praça de São Pedro vista do alto da basílica

A Maria do Carmo foi nos encontrar depois de passar alguns dias viajando sozinha por Portugal e trouxe um sabor de “estar em casa” nesse nosso ano longe do Brasil. Mas, estar em casa não significava ficar parado e no segundo dia fomos atrás das grandes heranças da Roma Antiga. A começar pelo mais conhecido cartão postal da Itália, o Coliseu – uma arena que comportava 60.000 pessoas pra assistir às sangrentas lutas entre gladiadores em festivais que chegavam a durar até 100 dias seguidos. Em seu entorno, está um riquíssimo sítio arqueológico com as ruínas do Fórum Romano, Palatino, o Circo Massimo etc. Todos são visitas obrigatórias.

Coliseu romano

Nos divertindo dentro do Coliseu

Vista pro Fórum Romano

Nos dias seguintes, nos dedicamos a rodar por suas ruas recheadas de outros pontos de interesse. Roma talvez seja a cidade com o maior número de monumentos por metro quadrado do mundo. Na verdade, existem tantas atrações que o que poderia ser o centro das atenções em outros lugares, corre o risco de passar despercebido ali. Porém, ninguém ignora a lindíssima Fontana di Trevi, onde jogamos nossas moedinhas e fizemos pedidos. Nas outras incontáveis e belas fontes enchemos nossas garrafas com a água potável que jorra sem parar, o que garante que lá de sede não se morre. O centro histórico é um charme, com ruas estreitas e piazzas super agradáveis. Destacam-se o colossal Monumento a Vittorio Emanuele II, as Piazzas Navona e del Popolo e o Pantheon, simples por fora e surpreendente por dentro. De modo geral, é bem arborizada e convidativa pra um passeio a pé, apesar de ser um pouco barulhenta. O esporte predileto da Maria do Carmo e da Letícia era percorrer as feirinhas às margens do Rio Tevere, enquanto o Fred saía em longas caminhadas solo pela cidade.

Maria do Carmo pop star na Fontana di Trevi

Piazza del Popolo

A bela embaixada brasileira fica na Piazza Navona

E não dá pra falar na Itália sem falar da comida. O italiano é conhecido pela mesa farta com as melhores massas do planeta. Logo na nossa primeira passagem pelo País ainda a caminho da Holanda, conhecemos a melhor pizza de nossas vidas. Claro que voltamos lá pra nos esbaldar nesses últimos dias. Também nos acabamos nos spaghettis, nhoques, e nos gelatos perfeitos que tomávamos todos os dias, afinal, o sorvete é outra especialidade local. Foram dias incríveis em uma cidade com inesgotáveis atrações e em excelente companhia!

Monumento a Vittorio Emanuele II

Esse post foi publicado em Itália e marcado , , , , . Guardar link permanente.

29 respostas para todos os caminhos nos levaram à Roma

  1. valeria coutinho disse:

    Fotos maravilhosas!!!!!!
    Continuem assim,curtindo com toda essa alegria.
    Bjs Valeria

  2. Marcelo Silva disse:

    Letícia

    Parabéns pelas fotos! Que viagem linda que vocês estão fazendo!
    Vou para a Europa nas minhas férias agora em setembro e ficarei 4 dias em Roma. A pizza que vocês mencionaram deu agua na boca! Vocês se referiam a uma pizzaria em específico ou em vários lugares se come a melhor pizza? Pretendo utilizar 2 dias para Roma, 1 dia para Florença e 1 dia para o Vaticano. Sei que não é muito, mas vocês acham que dá pra conhecer pelo menos o básico desta cidade com tantas atrações? Alguma recomendação?

    • Que boas novidades, Marcelo!
      A gente falou de uma pizzaria específica, vamos tentar resgatar o nome e endereço pra te passar (mandamos por email, se conseguirmos lembrar…). De qualquer forma, em vários lugares vc consegue comer bem. Dá uma olhada em guias como o lonely planet ou o trip advisor pra pegar umas ideias de bons restaurantes. 3 dias pra Roma (incluindo um dia no Vaticano desde cedo até umas 15hs), dá pra ver bastante coisa! Se quiser furar as filas (que são longas), dá pra pagar por isso e ganhar tempo. Isso vale pros Museus do Vaticano, Coliseu e outras atrações da cidade. Também vale pra Florença, que dá pra conhecer em um dia, se vc não perder 3hs só pra entrar em cada museu (é isso mesmo!). É corrido, mas com certeza valerá à pena!!! Bjos

  3. Anônimo disse:

    Letícia

    Vou para a Europa nas minhas férias agora em setembro e ficarei 4 dias em Roma. A pizza que vocês mencionaram deu agua na boca! Vocês se referiam a uma pizzaria em específico ou em vários lugares se come a melhor pizza? Pretendo utilizar 2 dias para Roma, 1 dia para Florença e 1 dia para o Vaticano. Sei que não é muito, mas vocês acham que dá pra conhecer pelo menos o básico desta cidade com tantas atrações? Alguma recomendação?

  4. Sílvia Maria Maia Pimentel Barros disse:

    Fred e Letícia,
    Parabéns pelo blog sensacional.Para mim é um sonho esta experiência que vcs estão realizando. Como não posso realizá-lo agora,viajo através das lindas fotos e dos textos bem escritos e bem humorados.É um bálsamo para a alma.Adoro! Feliz aniversário, Fred.Obrigada por compartilhar conosco tudo isso.Valeu!

  5. Karyne disse:

    Galera! Show de bola o roteiro e o blog!!

    Parabéns mesmo!

    Estou me organizando e muito em breve partirei em minha volta ao mundo!!

    Abraços, e boas viajens!!

  6. Rogério disse:

    Fala peixe! Beleza?

    Foi seu aniversário? Parabéns!! Felicidades!

    Abraço,
    Rogério

  7. Jeferson Vinhas disse:

    Parabéns Fredonho pelo seu aniversário!!!
    E, conforme tenho dito há algum tempo, Boa Viagem!!!

  8. Rosângela disse:

    Conheci Maria do Carmo na viagem que fez a Portugal e lá ela me falou muito de vocês e da aventura de vocês esse ano. Só hoje consegui acessar o blog e estou achando muito legal. Nem preciso falar que a partir de agora começo a acompanhar. Adoro viajar e fazer isso que estão fazendo sempre foi um sonho que deixo guardado no tempo.
    Foi muito bom ver que vocês aproveitaram a companhia da Maria do Carmo e que ela matou a saudade que estava de vocês, aproveitando os pontos turísticos de Roma.
    Desejo uma ótima caminhada. Beijo da mais nova seguidora do blog. Rosângela

  9. Iara, Mama e Carol disse:

    Fred,
    Desejamos a vc um aniversário maravilhoso, muuuuiiittaaaaass alegrias e momentos inesquecíveis este ano!
    Nada +perfeito que comemora-lo na Itália!
    Nós te amamos
    Um bjinho especial da afilhada, que já sabe escrever o seu nome…
    Iara e Carol

  10. Eliane Moraes Leite disse:

    Fiquei com mais água na boca, se Deus quiser irei ainda este ano conhecer a Itália!!!!!!! Adorei as fotos da minha amiga Maria do Carmo, só felicidades!!!!!!!Que Deus proteja vocês em todos os momentos. bjs

  11. Enrico disse:

    Eita, esqueceu de tirar foto com a camisa do Cruzeiro ?!? hahahaha :-)

    Tamos acompanhando aí e anotando os bizús, grande abraço e aproveitem !

  12. Anônimo disse:

    Parabens gente! Lindissimas fotos!!

  13. Maria do Carmo disse:

    Como foram bons os dias que passamos juntos!!!! Melhor ainda foi vê-los com alegria, disposição e excelente astral para enfrentar os oito meses que ainda restam. Que tudo continue assim…
    Fred: abraços antecipados do Hermógenes e meus pelo niver e contem com a nossa presença, em espírito, no jantar de amanhã que deverá comemorar a data.
    Bjs.

  14. Lindo, lindo, lindo!!!

    Ainda não encontrei o caminho de Roma! hahah

    A Itália é um destino espetacular, está na nossa listinha! :)

  15. Anônimo disse:

    Mamma mia…
    Fred, conta pra nós onde vai ser a festa amanhã!!! Ainda não recebi o convite, mas vou de jatinho pra poder chegar em tempo!
    Baccios,
    Amanda

    • A festa será tão grande q será comemorada em cinco cidades diferentes! rs… Vamos fazer um trilha em Cinque Terre, um pedaço da Itália gostoso demais da conta! Baccios!!!

  16. Eduardo Domiingues disse:

    Rapaz, suas fotos estão cada vez melhores! Parabéns! Continuo viajando com vocês nesta viagem maravilhosa!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s