como viajar de trem na índia


Siem Reap, Camboja, 21 de novembro de 2011

A melhor forma de viajar pela Índia é, sem dúvida, de trem. São mais seguros e baratos. Mas, como e onde comprar? Qual é a melhor opção de classe? Quais cuidados devem ser tomados?
Existem várias regras e detalhes para a compra dessas passagens e muitas vezes encontrá-las pode não ser fácil. Como ficamos meio perdidos para entender como tudo funcionava, resolvemos fazer um resumo de como se deslocar de trem pelo País e assim ajudar outros mochileiros. :-)

Pegamos muitos trens cheios, mas nem tanto...

Como comprar as passagens?

Em geral as passagens esgotam com bastante antecedência, e o ideal é comprá-las pelo menos um mês antes do embarque. A partir de 90 dias, elas já estão disponíveis (algumas distâncias curtas só são liberadas 30 dias antes da saída). Elas podem ser compradas na própria estação de partida ou online pelo site http://www.cleartrip.com/.  Esse site cobra uma pequena taxa pelo serviço (apenas entre US$1 e US$2) e é 100% confiável. A outra opção que seria o site “oficial” atualmente está disponível apenas para indianos e sofre mudanças constantes nas regras.

Entenda as nomenclaturas usadas para compra de passagem:

Status de disponibilidade:

No site http://www.cleartrip.com você pode localizar as passagens e ver se estão ou não disponíveis. Mas, se fosse simples assim, não seria Índia… As passagens podem estar com um dos status abaixo:

• Available: Significa que existem tickets disponíveis para confirmação do assento (ou cama) naquele trem e classe selecionada.

• RAC (Reservation Against Cancellation): Teoricamente este trem está lotado, mas os Tickets RAC permitem que você embarque naquele trem e seja alocado em algum assento com a orientação do condutor. Neste caso você não teria um ticket com número de vagão e assento, mas eles garantem que em algum vagão haverá um lugar pra você. Não há risco de não embarcar.

• Waitlist: Todas as passagens nos status “available” e “RAC” foram vendidas e você pode entrar na lista de espera. Com o nome ainda na lista de espera você não poderá viajar, mas é possível que você seja confirmado para RAC ou mesmo para available com o cancelamento de outros passageiros (ouvimos dizer que sempre há boas chances de ser chamado, já que os cancelamentos são bastante comuns, mas não testamos essa opção!). Mas, antes de ir para a estação de trem é importante que você cheque no site se foi ou não “promovido”. Caso a passagem não tenha sido confirmada o valor será estornado, embora não a pequena taxa cobrada pelo cleartrip.

Para ver as regras de cancelamento: http://www.seat61.com/India.htm#book - How to buy tickets when in India

Uma observação importante que pesou na nossa decisão de não entrar em listas de espera: nesse modelo não dá para esperar apenas por assentos juntos e nossas eventuais confirmações provavelmente estariam em lugares diferentes no trem.

Tipo de assento ou classe:

Os trens são divididos em AC e não AC, ou seja, com ou sem ar condicionado. Mas, a diferença é maior do que isso. Nos vagões com AC apenas pessoas com bilhete podem viajar, já nos vagões sem AC, o controle de passagens é quase inexistente e as pessoas vão se amontoando nos vagões mesmo sem um assento. A referência de espaço individual dos indianos é bem diferente da nossa e isso fica muito evidente nas viagens de trem, principalmente nas opções sem AC. Além disso, em todas as classes existe risco real de ter as malas furtadas (portanto, é imprescindível acorrentá-las à cama). Com menor movimentação nas classes AC, a chance é bem menor.
A diferença de preço entre AC e não AC também é bem grande quando avaliamos em rúpias, mas quando convertemos para reais os valores não são tão relevantes assim. Por exemplo, uma viagem de Agra para Jaipur na categoria Sleeper custa cerca de 10 reais, já na categoria AC 3 (o AC mais simples), custa cerca de 26 reais. Vale muito à pena viajar em alguma classe AC e poder ter uma boa noite de sono.

Nas opções AC existem 3 diferentes classes e a diferença entre elas é bem pequena. Em todas elas roupa de cama e toalha são oferecidas.

AC 3 – Cabines com 6 camas. A cama do meio fica desmontada durante o dia e todos ficam sentados na cama de baixo. Geralmente, à noite a cama do meio é montada, mas com isso não há altura suficiente para sentar em nenhuma das camas.

AC 2 – Cabines com 4 camas. Mesmo nessas cabines, onde a cama de cima dá altura para ficar sentado, as pessoas geralmente sentam-se na cama de baixo durante o dia.

1ª classe – Cabines mais espaçosas do que AC2 e AC3, com 2 ou 4 camas e uma pia entre elas.

Nas opções sem AC existem 2 classes e a diferença entre elas é enorme. Em resumo, uma é uma opção pra viajar, a outra não.

2ª Classe – Sempre que passávamos em frente a esses vagões, nos lembrávamos daquelas imagens de superlotação dos presídios brasileiros. Precisamos dizer algo mais???

Sleeper – Cabines com 6 camas e não há roupa de cama ou toalha. Muitas pessoas com bilhete para a 2ª classe vão se espalhando pelas camas vazias e corredores. Com a superlotação e o entra e sai nas paradas, é muito difícil ter uma boa noite de sono.

E se você não conseguir comprar passagens online:

Se você não conseguir se planejar e precisar comprar passagens em cima da hora, existem algumas opções. Mas, pra isso é preciso ter flexibilidade de data e de classe. Nem sempre é possível encontrar uma vaga na classe e data desejadas. Esse foi o nosso caso em todas as viagens que fizemos, já que decidimos nossas viagens em cima da hora.

• Cota de turista: Só pode ser comprada nas estações de trem do local de partida (nem todas as estações de trem possuem guichê de venda para esta opção). Compramos passagens pela cota em Varanassi, Jaipur e Mumbai (estação Victoria Terminal). E sabemos que não há guichê para cota de turistas nas estações de Agra (nem na Agra Fort nem na Central) e na Estação Central de Mumbai. Também não espere encontrá-las em cidades pequenas.

• Tatkal: Os tickets Tatkal (“imediato” em híndi) só são disponibilizados às 8hs da manhã dois dias antes da partida e são vendidos com uma taxa extra que pode variar de 75 a 300 rúpias (entre 2,5 e 10 reais). Eles podem ser comprados na estação de trem ou online.

Em todos os trechos que fizemos, usamos a cota de turistas. Nem sempre conseguimos a classe e a data que desejávamos, mas sempre conseguimos viajar em no máximo dois dias.

Outras dicas:

• Para horários e tarifas dos trens: www.indianrail.gov.in

• Excelente site com todos os detalhes sobre os trens da Índia: http://www.seat61.com/

• O risco de roubos da bagagem é muito alto. Leve a sério a orientação da polícia local de acorrentar as malas na cama.

• Caso sua parada não seja a última do trem, é bom ficar muito ligado, pois as estações raramente são sinalizadas e o horário de chegada também não resolve já que os trens normalmente atrasam (isso pode ser ainda mais complicado se a parada acontecer no meio da noite). O jeito é ficar bem atento a partir do momento que o trem supostamente chegaria a sua estação e ir checando confirmando com os locais (é fácil encontrar indianos que falem inglês) e tentando identificar alguma placa nas estações.

• Não se preocupe em passar fome ou sede, diversos ambulantes passam pelos corredores vendendo lanches, refeições completas e o tradicional Chai.

Compre um Chai no vagão, aprecie a paisagem e boa viagem!

About these ads
Esse post foi publicado em Índia, Preparação e marcado , , , , . Guardar link permanente.

14 respostas para como viajar de trem na índia

  1. Carol disse:

    Olá! Estou pensando em viajar de trem na India. Me falaram que os trens tem ratos e baratas, não importa a classe. Isso é mesmo verdade? Abs,

    • Oi, Carol! Realmente as condições nos trens podem assustar, mas não vimos nenhum rato. Quanto às baratas, vou abrir o jogo: depois de alguns meses viajando pela região, não é uma coisa que preocupe, vc se acostuma com a convivência com elas… Abs

  2. renata disse:

    Grandes dicas.Algumas dúvidas. Não quero cabines com camas.Os trens com assentos comuns,Classe AC são legais?E se vc marcar assento é garantido ou pode encontrar uma figura no seu lugar? E por último,vcs acham que ir de carro é pior solução?Obrigadíssima,essas infos são valiosas! Abraço.

    • Oi, Renata! Muitas vezes, o mesmo trem que tem assentos comuns, terá vagões com camas. A distância que vc vai fazer é bem curta? Pergunto isso, porque mesmo em viagens que parecem ser rápidas, o tempo no trem contando as paradas pode ser longo. Não viajamos assim, então, não tenho como te dar certeza. Mas, eu acredito que exista sim o risco de vc encontrar alguém no seu lugar. Viajamos mto de sleeper e sempre tinha alguém na nossa cama. Às vezes, 3 pessoas dividindo aquelas caminhas estreitas, bagagem incluída. E só sairão se vc expulsá-los. Se não, não vão entender pq vc simplesmente não ocupa a sua pequena fração daquele espaço. E esse é o maior risco: se estiver cheio, as pessoas vão sentar na sua cadeira mesmo que vc já esteja sentado lá. No seu lugar, havendo opção, eu iria de cama mesmo. Se não houver opção, bem, então vá fundo pq tb é só gente se espremendo. Se vc cuidar de manter os olhos nas suas coisas, não vai te acontecer mal algum!

      Já ir de carro… não recomendo mesmo! O trânsito é mto confuso e mto perigoso. Acontecem acidentes o tempo todo. Algumas estradas são duplicadas, o que é um risco menor, mas assim que chegar em qq cidade, bem vinda ao completo caos!! E pras estradas menores, é a lei do mais forte. É um caminhão é bem mais forte do que um carro. Vai não, sério…

      Esperamos que ajude! Abraços

      • Ah, mas tem um detalhe: se vc estiver falando do trem de Nova Déli pra Agra, eu acho que são bem melhores. Nós não pegamos, mas parece que são rápidos e mais confortáveis do que em outros lugares…

  3. MARCELO disse:

    vi no site que há 3 estação em agra. qual é a mais bem localizada?

    • Tem uma estação perto do Forte Agra, não me lembro o nome (mas pode ser esse mesmo: forte Agra). Mas, a boa localização da estação vai depender mesmo de pra onde vc está indo lá, ou seja, onde é o seu hotel ou albergue. Além disso, vai depender também de qual é sua origem ou destino. Eventualmente, vc não vai poder escolher a estação…

  4. Chris disse:

    Obrigada por compartilhar essas informações; todas as dicas foram muito úteis!

  5. Rafael disse:

    Ótimas dicas! Vou anotar e colocar em prática!

  6. Bethânia disse:

    Guardei tudo em um arquivo maiis que especial!Aguardando mais notícias de vocês!

    Bjão Nosso

  7. Fellipe Faria disse:

    Já salvei o post para o dia em que eu decidir encarar a Índia… hehe! Muito bom, completão!!! =D

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s